Especial consoada: assado cremoso de grão com crosta aromática de broa de milho / Christmas Eve special: creamy chickpea roast with aromatic corn bread crust

Ontem ao ir buscar a minha irmã ao aeroporto a sensação de “pronto agora já pode ser Natal” invadiu não só a mim, mas a toda a família. Viver com quem se gosta longe dá-nos sempre aquela sensação de termos bocadinhos nossos espalhados pelo mundo. O que não é necessariamente mau. O que é de certeza maravilhoso é quando esses bocadinhos todos estão próximos e aí a sensação é que nos tornamos grandes, grandes. Dá uma vontade de sorrir de coração cheio. Dá uma vontade de dizer agora sim, agora é Natal a sério. Vamos lá por a mesa, arejar a toalha de Natal, ir buscar as cadeiras extra para a mesa que se quer alegre e farta.

6

Por entre o burburinho natalício andava eu há algumas semanas a pensar e a fazer experiências para chegar a um prato de consoada que, não utilizando carne ou peixe, enchesse as medidas a qualquer um. Um prato substancial, saboroso mas que nos lembrasse as nossas raízes gastronómicas, que nos fosse habitual mas que nos surpreendesse ao mesmo tempo… Ainda pensei que estava a pedir muito, que estava a crer muita coisa, mas não sou pessoa de desistir e etapa a etapa, ideia a ideia cheguei a este prato.

1

A receita que vos trago é perfeita para a consoada. Para já é um prato de forno, e se há coisa que estou convencida é que em dia de festa e de receber muita gente em casa a melhor opção são os pratos de forno. Podem ser preparados antes, ir ao forno quando necessário e dão-nos margem de manobra para organizar a mesa, escolher a fatiota e o penteado.

Depois o sabor. Não se deixem enganar pela aparência singela, e convenhamos quando um dos pratos tradicionais do Natal português é bacalhau com couves, há qualquer coisa na simplicidade que nos sabe bem. Mas regressemos ao sabor, este prato combina uma camada de grão cremoso, com um toque picante que lhe dá vida e um toque fresco do vinho branco; a camada seguinte é protagonizada por uma das minhas couves favoritas, a couve lombarda com um toque de alho, cujo sabor equilibra o cremoso do grão; e finalmente uma crosta crocante e aromática de broa de milho por cima. Acreditem é um pitéu e mesmo os não vegetarianos não resistirão a servir-se mais uma vez.

Já vos falei dos benefícios do grão aqui e não resisto a dizer-vos a dizer-vos que a lindíssima couve lombarda é fantástica do ponto de vista nutricional também. Contém vitamina C (mais do que a laranja), vitamina K, fibra, glucosinolatos que estudos recentes indicam têm propriedades anticancerígenas, folatos que podem ajudar a combater alergias respiratórias e a asma!

12

Para vos ajudar a garantir que corre tudo bem ficam aqui algumas dicas:

– Se querem que o vosso prato seja verdadeiramente especial cozam o vosso grão em casa. Vejam aqui como;

– Escolham uma broa de milho daquelas bem amarelas por dentro porque normalmente são mais doces e saborosas;

– Podem fazer o prato adiantado. Só a crosta é que convem fazer antes de ir ao forno para a broa não ficar empapada e sem graça.

Não percam o próximo artigo onde vos trago uma sugestão de sobremesa que indo buscar emprestada toda a nossa tradição natalícia lhe dá uma volta e um exótico do mais apetitoso! Entretanto vão aproveitando todas as coisas boas e os abraços apertados que esta época tem para nós.

10

Ingredientes

(para 4 a 6 pessoas)

  • 1 kg de grão cozido
  • 2 couves lombardas médias
  • 1 broa de milho
  • 2 alhos-franceses
  • 6 dentes de alho
  • 2 copos de vinho branco (+/- 400ml)
  • 1 limão
  • 2 mãos de salsa picada (só as folhas)
  • Molho piri-piri
  • Azeite, sal e pimenta preta
  • 1 colher de sopa de manteiga

Comecem por lavar muito bem o alho-francês. Cortem ao meio e depois em rodelas finas. Num tacho grande derretam a manteiga com um fio de azeite e juntem o alho francês. Temperem com uma pitada de sal e uma pitada generosa de pimenta preta e deixem amolecer, mais ou menos durante uns 5 minutos. Juntem o grão cozido, envolvam bem e adicionem o vinho branco. Deixem cozinhar com a tampa até a maior parte do líquido evaporar, mais ou menos uns 15 a 20 minutos. Assim que o líquido tiver praticamente desaparecido, provem e verifiquem se precisa de mais sal e juntem umas gotas de molho piri-piri. Não sejam demasiado tímidos com o picante é preciso um bocadinho para “arrebitar” o prato, mas mais vale juntar aos poucos. Se quiserem mais picante juntem mais um bocadinho. Neste ponto e com um esmagador de batata (ver a foto) esmaguem cerca de ¼ da mistura de alho francês e grão. Envolvam tudo e disponham esta camada num tabuleiro de ir ao forno.

Numa frigideira grande e funda ou num tacho largo  levem 2 copos de água (+/- 400ml) a ferver. Lavem muito bem a couve lombarda, retirem o talo e cortem as folhas em tiras. Quando a água estiver a ferver juntem a couve e tapem. Deixem cozinhar até a água evaporar. Nesse momento juntem um fio de azeite, uma pitada de sal e dois dentes de alho ralados, envolvendo e aproveitando para saltear um pouco a couve. Retirem do lume e disponham a couve por cima do grão no tabuleiro.

Preparem a crosta retirando a parte mais dura da côdea e depois cortando a broa em quadrados. Levem ao vosso robot de cozinha ou processador de alimentos, juntamente com a raspa de um limão, a salsa picada, uma pitada de sal, 4 dentes de alho ralados e 6 colheres de sopa de azeite. Piquem até ficarem com a consistência de migalhas. Disponham a camada de broa por cima do tabuleiro e levem ao forno pré-aquecido por 20 minutos ou até a broa estar douradinha e estaladiça.


 

Christmas Eve special: creamy chickpea roast with aromatic corn bread crust

Yesterday when picking up my sister from the airport the feeling of “ok now it really is Christmas” invade not only me but the whole family. Living with the ones you love far away gives us that sensation of having bits and pieces of ourselves scattered around the world. That’s not necessarily bad. However it is undeniably wonderful when all those little pieces get together. It makes one want to whole-heartedly smile. It makes us say and feel now it really is Christmas. Let’s set the table, bring out the Christmas linens, get the extra chairs for the table and let’s get ready for a feast.

7

During the last few weeks, I’ve been thinking and experimenting to create a proper plant-based Christmas Eve main that would be a hit. A hearty and tasty dish that had everything to do with the Portuguese gastronomic tradition. A dish that was at once surprising and familiar… for a moment I thought I was asking too much, but I set my mind and creativity on this one, and step by step came up with this recipe, and I couldn’t be happier about it.

The dish is perfect for Christmas Eve. To start of it’s an oven dish and I’m a firm believer that when you have a party and a lot of people to feed, oven dishes are the best. You can prep ahead, get the dish in the oven before you serve, allowing for enough time to make sure everything else looks good and that you look nice as well. And then the flavor! Do not be fooled by the simple look of this one. That is also an homage to the Portuguese traditions that is all about the quality of the ingredients and bringing out their flavors, without mucking about too much.

This recipe combines a layer of creamy chickpeas with a bit of a quick from the hot sauce and a freshness from the white wine; followed by a second layer stared by one of my favorite cabbages, the savoy, with a hint of garlic and olive oil that balances the sweetness of the chickpeas; and finally a crunchy and aromatic crust of corn bread. Believe me, it is a winner and even the non-vegetarian will ask for more.

I’ve told you about the benefits of chickpeas here and I can’t resist telling you that the beautiful savoy cabbage is also amazing. Among other things it’s rich in vitamins C and K, it has glucosinolates that recent studies show have anticancer properties, also folates that can help to fight breathing allergies and asthma!

9

To help you and to insure everything goes smoothly here are some tips:

– If you want your dish to be extra special cook your chickpeas at home, check here to see how easy it it;

– I don’t know how easy corn bread is to find outside of Portugal, or if it will taste similar. I would try and choose an artisan one with a rich yellow color and a slightly sweet flavor;

– You can make this ahead of time. Only the crust should be put together just before going to the oven to ensure it gets crunchy.

Don’t miss the next post where I’ll bring you an idea for a desert that tries to honor the Portuguese Christmas tradition, while giving it an exotic flair! Meanwhile enjoy all the wonderful things, all the tight hugs that this season has for us.

Ingredients

(for 4 to 6 people)

  • 1 Kg of cooked chickpeas
  • 2 medium sized savoy cabbages
  • 1 corn bread (+/- 500 gr)
  • 2 leeks
  • 6 garlic cloves
  • 2 glasses of white wine (+/- 400ml)
  • 1 lemon
  • 2 handfuls of chopped parsley
  • Hot sauce
  • Olive oil, salt and black pepper
  • 1 table spoon of butter

Start by washing the leek thoroughly. Cut it in half lengthwise and then slice it finely. In a big pot melt the butter with a drizzle of olive oil and add the leek. Season with a pinch of salt and a generous pinch of black pepper. Allow it to soften, more or less 5 minutes. Add the chickpeas, give it a stir and add the white wine. Cover with the lid and allow to cook on a low heat until most of the liquid has reduced, around 15 to 20 minutes. As soon as the liquid has reduced almost completely taste and check if it needs more salt. Also add a few drops of hot sauce. Don’t be overly shy with the hot sauce, the dish needs a bit of a quick. But it’s better to add little by little so that you can taste and adjust. At this point mash around ¼ of the mixture with a potato masher (check photo). Give it a stir and add this layer to an oven tray.

In a big and deep pan bring 2 glasses of water (+/- 400 ml) to the boil. Wash the savoy cabbages, remove the hard stalk and chop the leaves finally. When the water is boiling add the cabbage and cover with the lid. Allow it to cook until the water evaporates, stirring every now and again. When the water is gone, add a drizzle of olive oil, a pinch of salt and 2 minced garlic cloves, stirring as you go. Remove from the heat and add this layer on top of the chickpea layer.

Prep the crust by cutting off the hardest part of the bread crust and then slicing it and cutting it into chunks. Add those to your food processor along with the zest of 1 lemon, the parsley, a pinch of salt, 4 minced garlic cloves and 6 table spoons of olive oil. Pulse until you have a nice crumb like mix. Arrange the crust on top of the cabbage layer and take it to a preheated oven for about 20 minutes or until the crust is golden and crunchy.

Advertisements

7 thoughts on “Especial consoada: assado cremoso de grão com crosta aromática de broa de milho / Christmas Eve special: creamy chickpea roast with aromatic corn bread crust

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s