Tacos de feijão preto (versão de Inverno) / Black bean tacos (Winter version)

(for the English version please scroll down)

Este início cinzento de Janeiro fez com que desse por mim a suspirar pelo regresso da Primavera. A chuva e o vento a fustigarem a janela e a minha imaginação a levar-me até pomares cheios de pêssegos, alperces e cerejas…enfim. Mas como todas as estações têm as suas coisas boas, achei que o que me estava a fazer falta era uma explosão de cor comestível, de preferência regada com um toque de lima e limão para alegrar ainda mais os ânimos.

1

A comida tem destas coisas, evoca-nos memórias, sensações, paisagens e sons próximos ou distantes. Por isso, porque não trazer um pouco do México até a uma mesa do hemisfério Norte? E melhor ainda, porque não evocar o México e ainda assim utilizar produtos da época e de produção?! E já agora tudo isto conjugado numa refeição que para além de colorida é saudável? Sí se puede 😉

Vamos lá a isto então! Em primeiro lugar não se assustem com a quantidade de elementos e de ingredientes. É tudo muito fácil de fazer. Além disso, é esta quantidade de elementos que nos vai pintar a mesa de verdes, roxos e rosas vibrantes. O que vos proponho é um pequeno festim mexicano, excelente para comer em família ou para um jantar em que juntem amigos. A vantagem é que o prato é terminado por cada um. Por isso vocês só têm de colocar todos os elementos na mesa e deixem o resto entregue a cada um.

Se querem convencer crianças a comer vegetais esta também não é má ideia porque, maravilha das maravilhas, pode-se comer com as mãos! Digam lá que isso não é um sonho da pequenada comer com as mãos à mesa?!

2

4

O que fiz foi recriar a ideia de um taco, típica comida de rua mexicana, mas em vez de utilizar a tortilha (a mexicana, não a espanhola) usei as lindíssimas folhas da couve roxa. Digam-me, dá para resistir àquela explosão de cor e textura? Não senhor. A peça chave dos tacos são os maravilhosos feijões pretos que não só estão cheios de proteína como ainda contém muita fibra e antioxidantes! Como de costume cozi os feijões em casa, mas podem utilizar de frasco também.

Para completar os tacos há ainda um arroz integral com cominhos, beterraba ralada com limão, uma saladinha verde de rúcula e agrião, e finalmente – e como não poderia deixar de ser – o maravilhoso guacamole. Garanto que em quanto o arroz e os feijões cozinham conseguem organizar todos os outros complementos, pôr a mesa, ou – porque não? – preparar uma cesta e ir fazer um pic-nic se o tempo ajudar.

Sugiro que em cada folha de couve roxa coloquem um bocadinho de arroz, seguido de feijão, beterraba, guacamole e finalmente um toquezinho de salada verde. Mas o taco é vosso, construam-no como vos apetecer. Espero que se divirtam a cozinhar e a comer esta receita colorida e que ajude a dar um chega-para-lá em qualquer melancolia invernosa.

3

Ingredientes

(para 2)

  • 400gr de feijão preto cozido
  • 1 cebola branca média
  • 2 dentes de alho
  • 3 folhas de louro
  • 1 colher de sopa de orégãos secos
  • 1 copo (200ml) de vinho tinto
  • ½ colher de chá de cominhos
  • ½ colher de chá de pimenta de caiena
  • 1 colher de chá de paprika
  • 1 couve roxa pequena
  • 1 chávena de café de arroz integral (que demolharão durante a noite)
  • 1 colher de sopa de cominhos (sementes)
  • 1 abacate médio maduro
  • 1 cebola roxa pequena
  • 1 lima
  • 1 beterraba pequena
  • 1 limão
  • Uma mão cheia de rúcula
  • Uma mão cheia de agrião
  • 1 molhinho de coentros
  • Molho piri-piri
  • Azeite
  • Sal

Comecem por preparar o arroz. Num tacho aqueçam um fio de azeite e levem as sementes de cominhos a soltar aroma. Assim que sentirem bem o aroma dos cominhos adicionem o arroz demolhado e 3 vezes a quantidade de água em relação ao arroz sem ser demolhado. Deixem cozinhar em lume brando até o arroz ter absorvido toda a água, mais ou menos 30 minutos.

Para os feijões comecem por picar a cebola branca e o alho. Numa frigideira refoguem a cebola e o alho com o louro, os orégãos, as especiarias (cominhos em pó, pimenta de caiena e paprika) e uma pitada de sal durante pelo menos 5 minutos, até a cebola estar bem molinha e translucida. Juntem os feijões, juntem o copo de vinho e o mesmo copo de água. Deixem cozinhar em lume brando durante uns 20 minutos. Provem e rectifiquem os temperos.

Para o guacamole comecem por picar a cebola roxa muito fininha. Coloquem numa tigelinha e espremam para lá o sumo da lima e juntem uma pitada de sal. Com os dedos espremam bem a cebola para entranhar o sumo e o sal, isto vai ajudar a que a cebola não fique demasiado intensa. Deixem estar uns 5 minutos. Piquem o abacate com uma faca e juntem à mistura de cebola. Juntem uma mãozinha de coentros picados, 1 a 2 colheres de sopa de azeite (depende do tamanho do abacate e do quão maduro está) e umas gotinhas de molho piri-piri e envolvam tudo bem.

Para a beterraba simplesmente descasquem-na, ralem-na e reguem com sumo de meio limão.

Para a salada basta juntar a rúcula e o agrião depois de bem lavados numa saladeira pequena e temperarem com azeite e limão e uma mãozinha de coentros picados.

Preparem a vossa couve roxa, cortando o taule e separando cuidadosamente as folhas.


 

Black bean tacos (winter version)

This grey beginning of January got me sighing for the return of spring. While rain and wind hit unmercifully my window, my imagination was taking me to orchard gardens bursting with peaches, apricots and cherries. But since I’m a believer that all seasons have their pluses, I thought what I needed to silence my blues was an edible explosion of color, preferably with a squeeze of lemon and lime to zing things up.

8

Food is amazing that way. It evokes memories, sensations, landscapes, and sounds near or far. So why not bringing a bit of Mexico to a northern hemisphere table? And better yet, why not evoking Mexico and still using mainly season and locally produced ingredients? And what if we can make it not only colorful but also healthy? Sí se puede 😉

So let’s do it! First of all, do not be scared by the amount of elements and ingredients. Everything is super easy to pull off. Besides it’s the different elements that will color your table with the most vibrant greens, purples and pinks. What I bring you today is a little Mexican feast, great to eat as a family or in a friends gathering. The big advantage is the dish is finished by each person at the table. So all you have to do is lay all the elements at the table.

If you want to get kids to eat veggies this is also a cool idea because what child wouldn’t like to be allowed to eat with their hands at the table?!

5

7

This is a recreation of a taco, typical Mexican street food. However instead of the tortilla I’m using beautiful red cabbage leaves as the recipient for the fillings. Can you resist those vibrant beauties? I sure can’t. The key element of the tacos is the wonderful black beans that are packed both with protein, fibre and antioxidants! As per usual I cooked my beans at home, but feel free to used store bought jarred ones.

To complement the tacos there’s whole grain rice with cumin, shredded beetroot with lemon juice, a little green salad of rocket and watercress and finally the amazing guacamole. I promise you that while the rice and beans are simmering in the stove you’ll have enough time to finish all the other elements, set the table or  – and why not? – prepare a pic-nick basket if the weather is sunnier.

I suggest you to put a spoon of rice in each red cabbage leave, followed by the beans, beetoot, guacamole and finally a touch of the green salad. Hey but it is your taco, assemble as you please. Hope you have some fun cooking and eating these colorful winter tacos.

Ingredients

(for 2)

  • 400gr of cooked black beans
  • 1 medium sized white onion
  • 2 garlic cloves
  • 3 bay leaves
  • 1 table spoon of dry oregano
  • 1 glass (200ml) of red wine
  • ½ tea spoon of ground cumin
  • ½ tea spoon of cayenne pepper
  • 1 tea spoon of paprika
  • 1 expresso cup of whole grain rice (that you’ll soak over night)
  • 1 table spoon of cumin seeds
  • 1 medium sized ripe avocado
  • 1 small red onion
  • 1 lime
  • 1 small beetroot
  • 1 lemon
  • 1 handful of rocket (arugula)
  • 1 handful of watercress
  • 1 bunch of coriander (cilantro)
  • Hot sauce
  • Olive oil
  • Salt

Start with the rice. In a pan heat up a drizzle of olive oil and toast the cumin seeds. As soon as they release their aroma add the soaked rice and 3 times the amount of water of the rice (before soaking). Allow it to simmer on a low heat until the rice absorbed all the water, around half an hour.

For the beans finely chop the white onion and garlic. In a frying pan gently fry the onion, garlic, bay, oregano, spices (powdered cumin, cayenne and paprika), pinch of salt, for at least 5 minutes, or until the onion is translucent. Add the beans, the glass of wine and the same glass with water. Allow it to gently simmer uncovered for 20 minutes, stirring occasionally.

For the guacamole finely chop the red onion. Put it in a small bowl and squeeze in the lime and add a pinch of salt. With your fingers really squeeze the onion with the lime juice and salt, this will help to tone down the onion. Let is rest for 5 minutes. Chop up the avocado and add it to the onion bowl. Stir in a handful of chopped coriander, 1 to 2 table spoons of olive oil (depends on the size and ripeness of the avocado) and a few drops of hot sauce.

For the beetroot simply peal it, grated it and squeeze half a lemon on top.

For the green salad mix the washed rocket and watercress and season with olive oil, lemon and a small handful of chopped coriander.

Prepare the red cabbage by chopping off the stalk and carefully separating the leaves.

Advertisements

7 thoughts on “Tacos de feijão preto (versão de Inverno) / Black bean tacos (Winter version)

  1. Eu estou contigo, com saudades do verão! Mas ao mesmo tempo agora que começam a chegar os citrinos e a chuva deu tréguas, vamos com calma.
    E adorei os tacos com couve roxa, e o bom do guacamole. Por mim com cores, delicioso e dá vontade de comer com os olhos. Em frente com o banquete!
    Um beijinho linda.

    Like

  2. I’ve been browsing online more than 4 hours today, yet
    I never found any interesting article like yours.
    It is pretty worth enough for me. In my view, if all webmasters and bloggers made
    good content as you did, the web will be much more useful than ever before.

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s