Salada de arroz com ervilhas frescas e molho de miso / Rice salad with fresh peas and miso dressing

(for the English version please scroll down)

Já há algum tempo que não publico uma receita só para um e para colmatar essa falha trago-vos hoje uma saladinha deliciosa, óptima para levar na marmita ou para comer em casa calmamente. Claro que pode ser multiplicada, triplicada e servir para a família inteira.

O ingrediente principal da salada é o arroz integral. Durante muito tempo torci-lhe o nariz, logo eu que adoro arroz de toda e qualquer maneira, acredito que os tempos da faculdade onde o arroz integral era uma amálgama consistente e desprovida de sabor não terão ajudado. Mas como em tudo, depois de lhe saber os benefícios, tive de lhe dar a volta. E foi tão mas tão simples, neste momento adoro arroz integral e se me aparecerem na cozinha de surpresa apanhar-me-ão volta e meia a comer umas colheradas. O principal truque é demolhar o arroz de véspera e cozê-lo só com água, nada de sal ou azeite. Ao contrário do arroz branco, o arroz integral fica melhor temperado depois de cozinhado. Quando faço, faço sempre a mais porque é óptimo frio em saladas, no dia seguinte, ou pode aquecer-se facilmente sendo a melhor forma ao vapor.

7

Para além do arroz integral esta salada usa ainda outro dos meus ingredientes difíceis: as ervilhas. Sei que parece mentira já que é daqueles vegetais que toda a gente gosta, mas eu ainda não estou completamente convencida, isto com uma excepção recentemente descoberta: ervilhas frescas cruas ou escaldadas. Se nunca experimentaram aqui está uma excelente oportunidade, caso contrário utilizem ervilhas congeladas, ligeiramente, cozidas.

Não deixem de experimentar o tempero da salada com uns toques orientais dados pelo miso, molho de soja e gengibre. Se só conhecem as sopas de miso vão surpreender-se com a versatilidade deste ingrediente maravilhoso da culinária nipónica, é que para além de sabor, o miso, sendo um alimento fermentado, vem acompanhado de bactérias das boas, daquelas que promovem a saúde e bom funcionamento do nosso sistema digestivo.

3

Ingredientes

(para 1)

  • ¾ cup de arroz integral cozido (morno ou frio)
  • 1/3 cup de ervilhas frescas
  • 1/3 cup de grão cozido
  • 3 rabanetes
  • 1 mão cheia de coentros e hortelã picados
  • 1 colher de chá de sementes de sésamo (pretas ou brancas)

Molho:

  • ½ alho francês pequeno (só a parte branca)
  • 2 colheres de sopa de sumo de limão
  • ½ colher de chá de miso (usei branco)
  • 1 colher de chá de molho de soja (usei tamari)
  • ½ colher de chá de xarope de ácer (ou mel)
  • 1 colher de sopa de azeite
  • ½ colher de chá de gengibre ralado (ou mais se gostarem de mais picante)

Cortem o alho francês muito fininho e coloquem na tigela com o sumo de limão. Deixem ficar uns 10 minutos. Passado esse tempo juntem todos os ingredientes para o molho e misturem bem.

Escaldem as ervilhas frescas em água a ferver e escorram.

Numa tigela misturem todos os ingredientes da salada (excepto o sésamo), reguem com o molho, envolvendo bem. Polvilhem com as sementes de sésamo. Está pronta a servir ou para levar na marmita.


Rice salad with fresh peas and miso dressing

It’s been a while since I publish a recipe just for one, so today I bring a delicious little salad that is perfect as a packed lunch or to eat calmly at home. Of course the amounts can be double or tripled and serve as a family meal.

1

The main ingredient here is brown rice. For quite a while I looked down on it, and I’m a major rice lover, I guess the college times where the idea of brown rice was a tick, unappealing and flavourless mass didn’t help. But as per usual, after understanding how good it is for us, I had to give it a go. And it was so simple, I’m glad to say I love brown rice now and if you snick on me in my kitchen there’s a big chance you catch me having a spoonful of it. The main trick to get it right is soaking the rice overnight and cook it in just water, no added salt or oil. Unlike white rice, brown rice is better when seasoned after cooked. Also, I always cook more than what I need since it’s great the next day cooled in salads or you can easily warm it up, and for that I find steaming to be the best method.

Besides brown rice this salad uses peas and peas and me we aren’t exactly best friends. I Know it’s odd since it seems that everyone loves peas, but they are just not my thing, with one exception that I found recently: raw or very quickly blanched. If you can’t get a hold of fresh peas, lightly boiled frozen ones will do.

And do try the dressing with plenty of oriental notes from the miso, the tamari and the ginger. If you only use miso for soups you will be surprised with how versatile this Japanese delicacy can be. Besides its lovely salty flavor, being a fermented food means it’s packed with good bacteria that aids the wellbeing and health of our digestive system.

Ingredients

(for 1)

  • ¾ cup of cooked brown rice (warm or cool)
  • 1/3 cup fresh hulled peas
  • 1/3 cup cooked chickpeas
  • 3 radishes
  • 1 handful of coriander and mint leaves, chopped
  • 1 tea spoon of sesame seeds (black or white)´

Dressing

  • ½ small leek (only the white part)
  • 2 tbsp lemon juice
  • ½ tsp of miso paste (I’ve used white miso)
  • 1 tsp of tamari
  • ½ tsp of maple syrup (or honey)
  • 1 tbsp olive oil
  • ½ tsp of minced fresh ginger (or more if you want more heat)

Finely chop the leek and put it in a small bowl with the lemon juice. Let it rest for 10 minutes. Add all the remaining ingredients, stirring well to combine.

Quickly blanch the peas and drain them.

In a bowl mix all the salad ingredients (except the sesame seeds), pour the dressing over. Sprinkle the sesame seeds on top.

Advertisements

6 thoughts on “Salada de arroz com ervilhas frescas e molho de miso / Rice salad with fresh peas and miso dressing

  1. O arroz integral é provavelmente um dos meus 10 alimentos preferidos de sempre! 🙂 Mas o que descobri é que o arroz integral varia imenso de sabor consoante as marcas. Sou quase menina para comer arroz integral às colheres como pequeno-almoço! E, em dias que preparei o almoço de manhã, foi mesmo o que fiz 😉

    Liked by 1 person

    1. A sério?! Que bom! verdade isso das marcas, é um bocadinho mais temperamental que o arroz branco sim senhora. Também eu, mesmo frio adoro! Estou a ver que cenas parecidas acontecem nas nossas cozinhas 😀 beijinho

      Like

  2. Hey! Looks gorgeous! Yeh I grew up on very stodgy brown rice I know how you felt, with the husks too! But it’s beautiful nutritious stuff. I can’t eat grains these days though so no rice for me I would make this using buckwheat 🙂

    Liked by 1 person

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s