Massa com couve-flor assada ao quadrado // Double roasted cauliflower pasta

(for the English version please scroll down)

Como está a ser o vosso Fevereiro? Por aqui continua numa grande correria e com muito trabalho. Isto significa que comida de conforto está, decididamente, no topo da lista. Por isso quando o meu corpo me pede massa num mês como este, não hesito e é isso mesmo que acontece na cozinha. Na verdade e desde que comecei a comer cada vez mais legumes e me afastei por completo de alimentos processados, fui deixando de comer tanta massa, apesar de reconhecer que é uma óptima quando se está sem tempo e se quer preparar uma refeição de conforto num instante.

5

Além disso hoje em dia há imensas opções de massa à disposição, feitas dos mais diversos cereais, boas opções sem glúten e até massas feitas integralmente de leguminosas. Para este prato usem a que tiverem por casa porque o mais importante é mesmo a couve-flor, melhor, a couve-flor ao quadrado!

Pois bem, declaro o mês de Fevereiro, o mês da couve-flor. Isto tem a validade que tem mas na minha cozinha a couve-flor tem sido a vedeta das últimas refeições. Mal consigo acreditar que houve uma altura (longa por sinal) em que a achava aborrecida e basicamente era remetida ao mundo da sopa. Esses tempos estão para lá de ultrapassados! Ainda com o Inverno lá fora nada melhor do que assar a couve-flor. É sem dúvida a minha forma preferida de a preparar neste momento (sim porque estas coisas vão mudando…). Não tem ciência, basta cortarem a couve-flor em floretes, sal, pimenta, azeite e forno bem quente com ela: uma delícia!

Aqui para além do delicioso sabor da couve-flor assada quis, também, tirar partido do facto da couve-flor ser perfeita para transformar em purés cremosos. Combinei-a com cajus demolhados para o molho ficar ainda mais deliciosamente cremoso e para dar aquele toque de sabor o miso branco que adoro e é tão versátil.

Se quiserem enriquecer o vosso prato com mais vegetais juntem-nos à massa nos últimos minutos de cozedura, experimentei com couve kale, couve toscana, brócolos, couves-de-bruxelas e espinafres e ficou óptimo com todos!

Não é o melhor dos pratos reaquecido mas podem guardar o molho num frasco no frigorífico por 3 a 4 dias e utilizar com massa acabadinha de fazer.

Uma semana feliz com tantos sinais de Primavera já a animar o ar.

1

Ingredientes

(para 3 a 4)

  • 40gr de cajus demolhados
  • 1 couve-flor (a minha tinha +/- 1kg)
  • 1 colher de sobremesa de miso branco
  • 2 colher de sopa de azeite
  • 1 colher de sopa de limão
  • 2 colheres de sopa de água
  • 1 boa pitada de pimenta de caiena
  • Sal, pimenta preta, salsa, cajus tostados
  • Massa a gosto

Aquece o forno a 200ºC. Lava bem a couve-flor e arranja os floretes. Podes usar os talos na sopa. Coloca num tabuleiro de ir ao forno com 1 colher de sopa de azeite, 1 boa pitada de sal e a pimenta de caiena. Leva a assar durante 45 minutos ou até a couve estar bem douradinha.

Quando a couve estiver quase pronta põe a massa a cozer.

Reserva metade da couve assada. Tritura a outra metade (num liquidificador ou com a varinha mágica) juntamente com os cajus demolhados, 1 colher de sopa de azeite, o limão, a água e o miso. Prova e verifica se precisa de mais sal e pimenta.

Escorre a massa mas reserva um pouco da água da cozedura. Volta a colocar a massa no tacho junta o molho e a couve-flor reservada. Usa a água da massa para tornar o molho mais líquido. Serve imediatamente com um fio de azeite, salsa picada e cajus tostados por cima. Acompanha com uma salada verde se quiseres.


Double roasted cauliflower pasta

How’s your February going? Around here it has been very busy with lots of work. That means comfort food is right on top of the list of what to cook. So if my body asks for pasta, you bet that pasta will happen. Truth is that since I started to eat more and more veggies and to stay away completely from processed foods, I started to eat less pasta. Even though I recognize it is a great option when you are short on time and want a comforting meal quickly.

4

Besides, today there are so many options for pasta made out of all sort of cereal, a lot of wonderful gluten free options too and even pasta made entirely out of beans. For this dish use whatever you have in the house because the most important thing is the cauliflower, the double cauliflower my I add.

Let me declare February as the month of the cauliflower. Feel free to join me! I can’t believe how there was a time (and a long one too) that I felt cauliflower was boring and only use it on soup. Boy are those days gone. With the winter still upon us there’s nothing better than roasting cauliflower I think. It’s my current favorite way of cooking it. And it is so simple, just chop the cauliflower in florets, season with salt, pepper, olive oil, hot oven and done. So delicious!

Besides the delicious flavor of the roasted cauliflower I also wanted to play with its amazing creaminess. For that I combined the cauliflower with soaked cashews for extra creamy texture. As for flavor the white miso just takes it to another level.

If you want to enrich the dish with more veggies, simply add whatever you have on hand to the pot where you are cooking the pasta. I tried with kale, dark kale, brussel-sprouts, broccoli and spinach and it tasted great with all of those.

It’s not the best dish to reheat but the sauce keeps really well in the fridge for 3 to 4 days and you can add it to some freshly cooked pasta.

A happy week, enjoy all the little signs that spring is just around the corner.

Ingredients

(for 3 to 4)

  • 40gr of soaked cashews
  • 1 cauliflower (mine had around 1kg)
  • 1 tsp of white miso
  • 1 tbsp of olive oil
  • 1tbsp of lemon juice
  • 2 tbsp of water
  • 1 good pinch of cayenne pepper
  • Salt, black pepper, parsley, toasted cashews
  • Pasta of choice

Heat your oven to 200ºC. Wash the cauliflower and arrange the florets. You can use the stalk on soups. Add the florets to a tray, drizzle 1 tbsp of olive oil, 1 god pinch of salt and the cayenne. Roast for about 45 minutes or until the cauliflower is nice and golden.

When the cauliflower is almost done, start cooking the pasta.

Set half the roasted cauliflower aside and blend the other half with the cashews, 1 tbsp of olive oil, the lemon, water and miso. Taste and add a little bit of salt and black pepper if needed.

Drain the past and save a little bit of the cooking water. Add the pasta back to the pot and gently mix in the roasted cauliflower and the sauce. Add a little bit of the water to loosen. Serve immediately with a drizzle of olive oil, fresh parsley and toasted cashews on top. It’s great with a green salad on the side.

Advertisements

6 thoughts on “Massa com couve-flor assada ao quadrado // Double roasted cauliflower pasta

  1. Inês, por cá os dias passam a correr e o trabalho não para, ou seja, precisamos mesmo de pratos destes, comida de conforto tão boa.
    Adoro couve-flor, e acho que houve tempos em que não lhe ligava nada. Fica deliciosa assada, e acho que nesse molho deve ficar perfeita! Tão bom!
    Um beijinho.

    Liked by 1 person

  2. Confesso não ser grande apreciadora de couve flor ( não tanto pelo sabor mas pelo tempo que normalmente demoro a digerir.. – mas experimentarei esta dica de a assar 🙂 Sempre a dar boas ideias !
    Beijinhos

    Liked by 1 person

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s