Puré veludo de favas com amêndoa e manjericão // Velvety broad bean soup with almonds and basil

(for the English version please scroll down)

Todos os anos faço tentativas de gostar dos legumes que ainda não gosto. Sim, tenho legumes numa espécie de lista negra. Mas, e acredito piamente que isso abona em meu favor, todos os anos quando os ditos estão na época faço um genuíno esforço para verificar se o meu palato já mudou de opinião. O ano passado descobri uma maneira de gostar de ervilhas, podem espreitar a receita aqui e este ano foi a vez das favas!

3

Lembro- me tão bem do cheiro das favas com chouriço em casa da minha avó e sei que muitos de vocês estarão a lamber os lábios com a memória querida dessa cheiro (ou então a começarem a trautear José Cid) mas a minha memória é mais das voltas ao estômago que o dito cheiro me dava. Era um verdadeiro caso de desamor! Mas fiel à minha prerrogativa de tentar diminuir a lista negra lancei-me com toda a dedicação às favas.

Achei que uma boa forma de dar a volta à questão seria fazendo uma sopinha, sabendo que as temperaturas estão a subir (maravilha!) pensei numa sopinha que sabe ainda melhor morna do que quente e por isso perfeita para esta altura do ano. Como o sabor das favas é tao forte achei que o manjericão seria um excelente parceiro de sabor e que daria um toque irresistível de frescura. O outro ingrediente “secreto” da sopa são as amêndoas e desta vez não estão presentes para dar um apontamento crocante, bem pelo contrário, as amêndoas vão ajudar a dar à sopa uma textura aveludada incrível.

1

A sopa tem poucos ingredientes e é facílima de fazer, por isso não há desculpas para não experimentar quer sejam amantes de favas quer não, porque pode ben ser que seja esta A sopa que vos converta.

Felizes dias de sol e muita alegria. Até para a semana.

2

Ingredientes

(para 2 a 3)

  • 2 mãos cheias de favas
  • 1 mãozinha mal cheia de amêndoas
  • ½ molho de manjericão
  • 1 batatinha nova pequena
  • 1 courgette pequena
  • 1 alho-francês pequeno
  • 2 dentes de alho
  • Sal, pimenta preta
  • ½ colher de chá de ghee ou azeite

Num tachinho refoga o alho francês e os alhos no ghee (ou azeite), adiciona uma pitada de sal e pimenta preta. Quando estiver bem translúcido junta a batata cortada e a courgette cortada em pedacinhos, bem como as favas (reserva algumas para decorar) e as amêndoas picadas grosseiramente. Acrescenta água a ferver até cobrir. Deixa cozinhar em lume brando por 30 minutos. Apaga o lume e junta as folhas do manjericão. Tritura a sopa de preferência num liquidificador para garantir que fica com uma textura muito aveludada. Acrescenta um pouco de água quente se estiver muito espessa e prova e rectifica os temperos. Serve a sopa morna com um fio de azeite, umas folhinhas de manjericão e as favas reservadas que previamente descascaste e escaldaste em água a ferver.


Velvety broad bean soup with almonds and basil

Every year I make an attempt to start liking the vegetables I don’t like at all. Yes I do have a sort of veggie black list. But, and I think it shows my commitment, every year when in season I give an honest try to check if there’s a change of heart. Last year I found out a way to like green peas, you can check the recipe here, and this year it was the broad beans turn.

4

I remember in detail the smell of broad beans and sausage (it’s a Portuguese traditional dish) that my grandma used to make. I imagine a lot of Portuguese licking their lips thinking about it, however my memory of that smell brings back a tummy revolting feeling…. I truly disliked the thing. But faithful to my prerogative of diminishing the black list one item at the time I devoted myself to the task of falling in love with broad beans.

I thought a good way of tackling this task was with a soup. Knowing the weather is getting hotter (yay) I wanted a soup to serve slightly warm but not hot, so perfect for this time of the year. Since the broad beans have such a strong flavor I thought basil would be a great paring, giving the soup an irresistible freshness. The other “secret” ingredient of this soup is almonds but this time instead of being here for the crunch the almonds are here to insure the soup is absolutely velvety.

The soup has just a few ingredients and it is so easy to put together so there are no excuses not to try it. And if you are not into broad beans do give this a go it might just be the soup that changes your mind.

Happy sunny days. See you next week.

Ingredients

(for 2-3)

  • 2 generous handfuls of shelled broad beans
  • 1 small handful of almonds
  • ½ a basil bunch
  • 1 small new potato
  • 1 small courgette
  • 1 small leek
  • 2 garlic cloves
  • Sea salt, black pepper, olive oil
  • ½ tsp of ghee or olive oil

In a small pan gently fry the leek and garlic with the ghee (or olive oil), add a pinch of salt and black pepper. Once the leek is nice and soft add the potato and courgette chopped into small pieces, as well as the broad beans (save some for topping) and the roughly chopped almonds. Add boiling water to cover the veggies. Allow to simmer for 30 minutes. Turn off the heat and add the basil leaves. Blend the soup in a blender until velvety. Add a little bit more water if it is too thick, taste and check the seasoning. Serve the soup warm with a drizzle of olive oil, some basil leaves and the saved broad beans peeled and blanched.

 

Advertisements

5 thoughts on “Puré veludo de favas com amêndoa e manjericão // Velvety broad bean soup with almonds and basil

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s