Especial Natal 2017: Bolo de Natal my tiny green kitchen / Christmas special 2017: my tiny green kitchen’s Christmas cake

(for the English version please scroll down)

Apesar da ausência nas últimas semanas, a my tiny green kitchen não vos iria deixar sem ideias para o Natal, por isso preparem-se para três artigos, festivamente, natalícios a começar já hoje! Como vêm pela fotografia começo pelo fim para vos aguçar o apetite mas seguir-se-ão um artigo com uma sugestão para um prato principal que vai fazer com que todos os não vegetarianos ataquem o tacho (é só um aviso à navegação) e ainda uma sugestão de presente feito em casa, deliciosa, rápida e que a minha família adora. Por isso preparem os vosso hohoho, liguem as luzes da árvore, acendam as velas e a lareira (se tal como eu não têm imaginem só) e vamos a isto! Natal 2017 a my tiny green kitchen chegou para ajudar!

1

Das dezenas de doces de Natal que povoam as mesas portuguesas e todas as pastelarias do país o meu favorito dos favoritos (as azevias de grão também me tentam…) são as broas castelares. Tudo para mim nas broas castelares funciona e é delicioso, a amêndoa, a batata doce, o coco, o toque a canela e a citrinos…não há nada que eu não goste. Por isso quando decidi fazer um bolo de Natal fui buscar todos os sabores destas pequenas maravilhas, combinados num bolo que ficasse bem bonito em qualquer mesa de Natal e que, claro, não tivesse produtos de origem animal e que fosse o mais saudável possível (bolo é sempre coisa para nos aproximarmos com moderação).

Este não é um bolo alto e fofinho aviso já, é um bolo denso, húmido e que em cada dentada nos faz sorrir. Combina a batata-doce, com a amêndoa, o toque cítrico das clementinas ou ancores, o coco, a canela e o gengibre, ecoando todos os sabores das broas castelares. O bolo em si já é rico o suficiente mas como é Natal porque não ir um passinho mais longe e acrescentar um creme de caju e clementina?! É boa ideia, não concordam? Ainda para mais o creme torna o bolo bem bonito, especialmente se aproveitarem para decorar com uns bagos de romã, lascas de coco tostado ou flores comestíveis (usei flores de alecrim). Ou sejam criativos e decorem com o que mais gostem.

Deixo-vos algumas notas para que corra tudo bem e quero muito ver este bolo nas vossas mesas de Natal. Já sabem, enviem-me fotos e/ou usem a #mytinygreenkitchen para eu conseguir ver as vossas versões.

Nota 1: É importante hidratar a farinha de milho com água a ferver, não saltem este passo.

Nota 2: O bolo não cresce muito no forno, não é preocupem porque é mesmo assim.

Nota 3: O creme de caju tende a solidificar um pouco por isso se quiserem aquele efeito do creme ainda ligeiramente a escorrer sugiro que coloquem a cobertura mais em cima do momento de servir: é rápido!

Nota 4: A lista de ingredientes parece grande mas são tudo coisas fáceis de encontrar, aliás já devem ter quase tudo (ou mesmo tudo) em casa.

Nota 5: A polpa de batata doce assada não é mais do que batata doce sem casca que podes assar no dia antes ou mesmo uns dias antes que elas aguentam uns 3 dias no frigorífico sem problema.

5

 

A sugestão de prato principal não se vai fazer esperar por isso mantenham-se atentos ao blog durante a próxima semana. Entretanto no facebook da my tiny green kitchen tenho estado a deixar algumas sugestões de presentes de Natal originais e sustentáveis, se precisares de inspiração vai lá espreitar.

Boas preparações Natalícias e até breve!

6

Ingredientes

  • ¼ de cup de farinha de milho + ¼ cup de água acabada de ferver
  • ½ cup de amêndoas
  • 1 cup de farinha de espelta integral
  • 1 cup de polpa de batata doce assada (+/- 2 batatas doces)
  • ½ cup de coco ralado
  • ¼ cup de óleo de coco derretido
  • ¾ de cup de açúcar integral (açúcar de panela) ou açúcar de coco
  • ¼ cup de xarope de ácer
  • 1 colher de sopa de linhaça moída + 3 colheres de sopa de água
  • Raspa de sumo de 2 ancores (ou clementinas)
  • 1 colher de chá de erva doce
  • 1 colher de chá de canela
  • ½ colher de chá de gengibre em pó
  • 2 colheres de chá de fermento para bolos
  • 1 pitada de sal

Para o creme de caju

  • ½ cup de caju cru demolhado pelo menos durante 4h
  • ½ cup de água
  • 1 pitada de sal
  • Raspa de 1 ancore ou clementina
  • 2 colheres de sopa de xarope de ácer

Para decorar

  • Bagos de romã, lascas de coco tostadas, flores comestíveis (de alecrim, de tomilho por exemplo)

Começa por misturar a farinha de milho com a água a ferver e reserva. Mistura também a linhaça com a água e reserva. Mói a erva-doce num almofariz. Forra a forma com papel vegetal e pré-aquece o forno a 180º. Derrete o óleo de coco, normalmente coloco-o numa tacinha no forno enquanto este aquece e o óleo de coco fica derretido em poucos minutos.

No processador de alimentos tritura a amêndoa, mas não é necessário que fique em farinha. Junta a farinha de espelta, o sal, a erva-doce, a farinha de milho, o coco, o açúcar, a canela, o gengibre. Tritura um pouco, só para combinar os ingredientes. Adiciona a batata-doce, a raspa e sumo das ancores, o óleo de coco derretido, o xarope de ácer e o fermento. Tritura até estar bem combinado e homogéneo. Coloca na forma e leva a cozer durante mais ou menos uma hora, verifica com o palito se já está cozido por dentro. Desenforma e deixa arrefecer completamente antes de regares com o creme de caju.

Para o creme de caju escorre os cajus demolhados e depois junta tudo no liquidificador e bate bem até ficar num creme cremoso. Rega o bolo com o creme e depois finaliza com as decorações que mais gostares.


Christmas special 2017: my tiny green kitchen’s Christmas cake

Despite last week’s absence my tiny green kitchen would not leave you without Christmas ideas so get ready for 3 joyful Christmassy posts starting today! As you can see by the photos I am starting with the end but worry not a post with a main dish that will make even the non-vegetarian lick their plates will follow, as well as an idea for a homemade gift that is delicious, quick and honestly one of my family’s favorites. So get your hohohoho’s ready, turn on the Christmas tree lights, light the candles and the fireplace (if you’re like me and don’t have one just imagine it) and let’s do this! 2017 Christmas my tiny green kitchen is here to help!

3

From the dozens of Christmas sweets that fill Portuguese tables and every single pastry shop in the country my ultimate favorite are broas castelares. For me everything about these little treats is delicious: the almond, the sweet-potato, the coconut, the hint of cinnamon and aniseed and the touch of citrus….there’s nothing I dislike about them. So when I set myself to make a perfect Christmas cake I went for all of the flavor of the broas castelares but combined in a cake that will look stunning in any Christmas table across the globe, that doesn’t use any animal products and that is healthyish (it’s still a cake moderation is always a smart approach).

This is not a light and fluffy cake I must warn you, this is a dense, intensely moist and  will make you smile at every bite kind of cake. Combines the sweet-potato, with the almonds, the citric touch of the clementine, the coconut, cinnamon and ginger; echoing all the flavor of the original broa castelar. The cake is rich enough but because it’s Christmas why not go over the top and add a cashew and clementine cream on top?! It’s a good idea don’t you agree? Besides, the cream helps to make the cake pretty, special if you add dome lovely decoration like pomegranate seeds, toasted coconut flakes or edible flowers (I’ve used wild rosemary flowers). Or be creative and ornament the cake according to your own preference.

I’m leaving some notes to ensure all goes well and I will love to see this cake on your Christmas tables. Send me photos or use the #mytinygreenkitchen so that I can see your versions.

Note 1: It is important to hydrate the corn flour with boiling water, do not skip this step.

Note 2: The cake doesn’t rise much in the oven, don’t worry that’s normal.

Note 3: The cashew cream will solidify a bit so if you want the oozy effect I suggest to add the cream before your serve. It’s quick.

Note 4: The list of ingredients seems extensive but it’s all easy to find and I bet you probably have almost or even everything at home.

Note 5: Roasted sweet-potato pulp is just skinless roasted sweet-potato that you can bake the day or even a couple days ahead.

The suggestion for the main dish will arrive soon so keep your eyes on the blog during next week. Happy Christmas prep and see you soon!

Ingredients

  • ¼ cup corn flour + ¼ cup freshly boiled water
  • ½ cup almonds
  • 1 cup whole spelt flour
  • 1 cup roasted sweet-potato pulp (+/- 2 sweet-potatoes)
  • ½ cup grated coconut
  • ¼ cup melted coconut oil
  • ¾ cup whole cane sugar or coconut sugar
  • ¼ cup maple syrup
  • 1 tbsp groud flax + 3 tbsp water
  • Zest and juice of 2 clementines
  • 1 tsp aniseed
  • 1 tsp cinnamon
  • ½ tsp ginger
  • 2 tsp baking powder
  • 1 pinch of salt

For the cashew cream

  • ½ cup raw cashews soaked for at least 4h
  • ½ cup water
  • 1 pinch of salt
  • Zest of 1 clementine
  • 2 tbsp maple syrup

For decoration

  • Pomegranate seeds, toasted coconut flakes, edible flowers like rosemary or thyme flowers.

Start by mixing the corn flour with the boiling water and set aside. Also combine the flax with the water and set aside as well. Grind the aniseed in the pestle and mortar. Line your cake tin with parchment paper and preheat the oven to 180ºC. Melt the coconut oil, usually I put it in a little bowl and place it in the oven while it heats up, the coconut oil will melt in just a couple of minutes.

In a food processor blend the almonds, but not as much as to flour consistency, you want some texture. Add the spelt flour, salt, aniseed, corn flour, coconut, sugar, cinnamon, and ginger. Process just to combine. Add the sweet-potato, the zest and juice from the clementines, the coconut oil, the maple syrup and the baking powder. Blend to combine well. Pour the mixture in the baking tip and bake for about one hour. Do the toothpick trick to see if it’s baked through. Remove from the tin and let it cool completely before finalizing with the cashew cream.

For the cashew cream rinse the soaked cashews and combine everything in a blender. Blend until perfectly smooth. Drizzle the cream on top of the cake and finish with the decorations you like best.

 

Advertisements

12 thoughts on “Especial Natal 2017: Bolo de Natal my tiny green kitchen / Christmas special 2017: my tiny green kitchen’s Christmas cake

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s